terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Guerra Civil - contém "leves" Spoilers




Aproveitando toda polêmica gerada, em relação a aparição ou não do Homem Aranha no mais esperado filme da Marvel Studios, a ainda hoje, tida como a ultima grande mega saga da Marvel, aproveito para falar um pouco sobre Guerra Civil de Mark Millar (Superman- Entre a Foice e o Martelo e Os Supremos) e arte de Steve Mcniven (Wolverine - O Velho Logan e Nemesis).

Um filme que alguns dizem que será uma péssima adaptação, pois sem a imensa quantidade de heróis existentes no universo dos quadrinhos, não será possível criar o ponto chave dessa fantástica história, que nos foi apresentada de maneira satisfatória nos quadrinhos na década passada, e será exibida no cinema pela Marvel Studios, como Capitão America 3: Guerra Civil, no dia 6 de Maio de 2016.
 


Utilizando de forma muito bem explorada durante a hq a frase "De que lado você está ?", Guerra Civil, uma saga que reúne cerca de 128 revistas, "mas apenas 7 são de essencial leitura, as demais são um complemento do arco principal" , e consegue até hoje, dividir leitores, criar discussões, fazer amigos saírem no tapa, por conta dessa genial pergunta, que flui de forma perfeita durante a HQ.

Você é a favor da liberdade dos heróis em continuar com sua autonomia, optando se devem ajudar ou não as pessoas. Embora como visto na hq, trazendo consequências a essas mesmas pessoas.

Ou você é a favor de todos receberem um treinamento e agir apenas quando solicitado, atuando como verdadeiros soldados do governo, de forma que seus poderes não possam causar estragos a população comum, porém ao custo dessa autonomia que possuem.

Guerra Civil se inicia com um grupo de super seres, chamados Novos Guerreiros, que liderados por speedball, atuam como personagens de um reality show, realizando atos heroicos e exibindo-os ao público geral.

E em busca do aumento de audiência,esse grupo decide atuar na captura de super vilões de um nível mais elevado, já que atuavam apenas com vilões mais simples. Como consequência do combate, um dos super vilões chamado Nitro, que tem o poder de explosão, ao se ver encurralado por Namorita, prima do príncipe submarino Namor, e membro dos novos guerreiros, Nitro explode, porém o combate estava ocorrendo ao lado de um escola infantil, ocasionando a morte de centenas de pessoas, dentre as quais, os vilões, exceto Nitro, do produtor e do câmera man do reality show, centenas de crianças e pessoas ao redor e dos novos guerreiros, com exceção de speedball que em um das historias paralelas é revelado que ele sobreviveu graças aos seus poderes, com isso, o governo americano, que já estava muito pressionado, por conta de outros casos, tais como, a destruição de Las Vegas pelo Hulk e a ameaça de assassinato ao presidente por Wolverine, durante o arco Wolverine - Inimigo do estado, aprova uma lei que obriga qualquer herói a se registrar perante o governo, devendo informar sua identidade secreta e seus poderes.

Isso leva a um racha no grupo de super-heróis, tendo como líder o Capitão America que não concorda com tal medida, e outros heróis, tais como o Demolidor e Luke Cage que são heróis "bairristas", juntam-se a ele, para continuar agindo, mesmo na ilegalidade.
 

E do outro lado temos um grupo liderado por Tony Stark, o homem de ferro, que são a favor do registro de heróis, e atuam como uma super força policial, caçando os seus antigos companheiros rebeldes.
 

E ainda temos aqueles que permanecem neutros, tais como o pantera negra, os x-men e o doutor estranho.

Temos assim o inicio desse grande arco, aonde diversas sub-tramas foram muito bem construídas, Wolverine caçando nitro, o homem de ferro recrutando vilões para caçar os heróis, o justiceiro optando por um dos lados, um herói supostamente morto retornando a vida, um herói morrendo, um final surpreendente, não é a toa que Guerra Civil é ainda hoje, a mega saga da Marvel mais querida de muitos fãs.
 


Agora o motivo de ter citado o Homem Aranha no inicio do texto,o homem aranha, de certa forma, demonstra os dois lados da guerra, que sob o ponto de vista de seus defensores, os dois lados estão certo, cada um a sua maneira. Um dos eventos mais famosos do personagem ocorrem nesse arco, aonde o aranha revela sua identidade ao publico, de forma a conseguir obter a confiança dos heróis, um fato que na época gerou grande repercussão, tanto para os fãs, quanto para historias do escalador de paredes, tendo grandes consequências ao personagem, um fato que a Marvel não conseguiu sustentar, vindo a apagar tudo isso, com as historias, Homem Aranha - um dia a mais , e Homem Aranha - um momento no tempo, e após alguns atos do grupo do homem de ferro, o homem aranha troca de lado, passando a ingressar o grupo dos rebeldes, e é um momento muito bem explorado, pois Mark Millar soube passar a sensação de duvida e incerteza que pairava sobre Peter durante boa parte da historia, após um evento que chocou ambos os grupos. Fazendo com que vários heróis mudassem de lado, tanto pra um quando pra outro.
Se fosse um adaptação fiel dos quadrinhos, creio que seria impossível para a Marvel Studios realizar o filme sem o Aranha, pois como descrito anteriormente, o peso do personagem é grande demais, em ambos os lados,e por tudo que ele representa no universo Marvel e para os fãs, uma simples alteração de personagem para fazer esse papel, não conseguiria causar o impacto da mesma forma.
 

Porém por tudo que foi anunciado, a base será usada, porem será um guerra governo x heróis, que realmente são poucos, e não o mega evento, que fez tremer o universo Marvel nos quadrinhos,ainda assim, acredito que a Marvel Studios continuará mantendo o altíssimo nível da maioria de seus filmes,"Homem de Ferro 3" , e possa passar aos fãs do cinema, toda a grandiosidade que os fãs de quadrinhos sentiram com essa grande mega saga que foi Guerra Civil.
 
E você? De que lado você está ?



Links: