sábado, 7 de fevereiro de 2015

Birdman

Birdman

A história nós já vimos várias vezes, o ator encontra o papel de sua vida e constrói uma carreira com esse personagem, poderíamos ficar horas aqui falando de atores e atrizes que não conseguem tirar o estigma de certos papéis de sua carreira como, Keanu Reeves como Neo, Micke Meyers e seu Austin Powers, Robert Downey Jr e o Homem de Ferro, entre tantos outros que não conseguem se desvencilhar desses personagens tão marcantes. E esse filme trata da relação que o ator tem com seu trabalho, se trata de o que um ator tem que fazer para ser levado a sério em um mundo superficial e de egos tão inflados. A trama gira em torno do ator Riggan Thompson, que é vivido por Michael Keaton (muito conveniente, não acham?), um ator que teve uma carreira de sucesso em um filme de super herói chamado Birdman que teria uma sequencia, porem ele se recusa e decide provar a todos que é sim um artista e não uma simples celebridade de blockbuster produzindo, dirigindo e atuando em uma peça na broadway adaptada de um livro. O elenco é formado principalmente por Emma Stone, Edward Norton em uma atuação muito interessante de um ator que é capaz de tudo pela arte, Andrea Riseborough, Amy Ryan, Lyndsay Duncan.
O filme trás uma crítica as produções que são feitas para finais de semana, aquelas com grandes efeitos especiais e explosões que enchem nossos olhos, mas que para alguns críticos de cinema não passam de perda de tempo. Em contra partida nos faz pensar se realmente um ator precisa fazer dramático para ser considerado um artista de fato.